Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio pagará quase R$22 milhões para 5 jogadores após rescisão de contrato, mostra site

Vanderlei é a maior rescisão dos últimos acordos feitos pelo Tricolor

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Custo benefício zero. Este é o resumo dos últimos medalhões contratados pelo Grêmio. Jogadores como Thiago Neves e Diego Tardelli fazem parte de uma lista de atletas que custaram ao clube quase R$22 milhões em rescisões após baixo desempenho dentro de campo, conforme levantamento feito pelo site GaúchaZH.

A lista começa com Diego Tardelli. Contratado em 2019, o meia custou ao Grêmio cerca de R$3 milhões após ter seu vínculo rescindido em janeiro de 2020. Outro acordo por finalizar é o de Thiago Neves, que atuou em apenas 14 partidas pelo clube. Pela rescisão de contrato, o meia está embolsando R$3,4 milhões.

O Grêmio ainda segue pagando outras duas rescisões contratuais. Uma é a do atacante André, que custará 4,5 milhões até o final de 2022, e a outra é a do goleiro Vanderlei, dispensado no início desta temporada, e que receberá do clube R$6 milhões, também, até o final do ano que vem.

Nova rescisão

Ainda segundo o site GaúchaZH, outro acordo deve ser oficializado nos próximos dias: o do goleiro Paulo Victor. O jogador vai receber, no total, o montante de R$5 milhões parcelados.

Somando todas as rescisões, o Grêmio pagará cerca de 21,9 milhões para cinco diferentes jogadores, todos com idade superior aos 30 anos.

Resumo das rescisões do Grêmio

  • Vanderlei: R$6 milhões (Dez/2022);
  • Paulo Victor: R$5 milhões (Sem prazo divulgado);
  • André: R$4,5 milhões (Dez/2022);
  • Thiago Neves: R$3,4 milhões (Até agosto);
  • Tardelli: R$3 milhões (Quitado).

Veja mais em Mercado da Bola.

Comentários