Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio perdeu cerca de 20 mil sócios na pandemia; Confira o balanço dos clubes brasileiros

Essa queda nos associados representa um prejuízo de R$ 10 milhões aos cofres do tricolor

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em um balanço geral, a pandemia trouxe vários prejuízos ao cenário do futebol, como renda de bilheterias, vendas de artigos e também, na perda de sócios.

Em um levantamento feito por Rodrigo Mattos, do UOL Esporte, se chegou ao número de 270 mil sócios perdidos entre o início da pandemia e o mês de abril de 2021.

Nessa levantamento, o Grêmio surge com a perda de 20 mil sócios no período, saindo do número de 90 mil sócios e indo para os 70 mil sócios em seu quadro.

Confira a tabela com os números arredondados:

ClubeInício da pandemiaAbril 2021
Atlético-MG20 mil sócios52 mil sócios
Bahia45 mil sócios23 mil sócios
Botafogo25 mil sócios21 mil sócios
Ceará21 mil sócios22 mil sócios
Corinthians68 mil sócios20 mil sócios
Cruzeiro58 mil sócios53 mil sócios
Flamengo125 mil sócios58 mil sócios
Fluminense23 mil sócios32 mil sócios
Fortaleza35 mil sócios13 mil sócios
Grêmio90 mil sócios70 mil sócios
Internacional120 mil sócios100 mil sócios
PalmeirasNão divulgouNão divulgou
Santos22 mil sócios20 mil sócios
São Paulo28,5 mil sócios30 mil sócios
Vasco179 mil sócios75 mil sócios

A queda de 20 mil sócios significa uma perda, hoje, de aproximadamente R$ 10 milhões para o Grêmio nas receitas. O cenário, no entanto, era esperado pelas dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus.

A perda de 270 mil sócios significa, no cenário nacional, uma queda de 31% nos sócios existentes no país. A expectativa é, ao final do ano, uma melhora nesse cenário, com a vacinação avançado por todo o Brasil.

Veja mais em Dados estatísticos.

Comentários