Ir para o conteúdo principal

Grêmio sai em defesa de Renato após acusações de entrega: “Papo bagaceiro”

Renato está sendo bastante cobrado por torcedores do Flamengo.

Alexandre Vidal / Flamengo

Por conta de algumas substituições feitas no empate em 2×2 com o Grêmio e pela falta de reação de comemoração nos gols de Vitinho, o técnico Renato Portaluppi virou alvo da imprensa carioca e também de torcedores do Flamengo depois da partida de terça, na Arena, pelo Brasileirão.

Mas, da parte da direção do Grêmio, ocorreu uma defesa do “profissionalismo” do técnico durante as coletivas de imprensa:

“Esse papinho coordenado, cooperativado, malandro, bagaceiro, sujo de dizer que o jogo estava jogado, que o Renato era gremista… ele pode ser gremista depois do jogo. Mas o Renato é profissional, gente. Tem otário que cai nesse papo. Isso é leviano, mas eu não tenho medo de ninguém nem de nada”, disse Denis Abrahão, vice de futebol.

O técnico gremista Vagner Mancini, por sua vez, também discordou de qualquer tipo de “facilidade” do adversário:

“Eu não vi desinteresse nenhum do Flamengo no jogo. Vi uma equipe que brigou desde o primeiro minuto e se entregou, vendeu caro o empate”, comentou o treinador gremista.

Com o resultado, o Grêmio se mantém em 18° no Brasileirão com 36 pontos, quatro a menos que o Juventude, em 16° e primeiro time fora do Z4. Próximo jogo: Bahia x Grêmio, sexta, 19h.

Veja mais em Renato Portaluppi.

Você pode gostar

Comentários