Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Honrado por ser capitão, Cortez diz que topou na hora o pedido de Renato para não tirar folga

Lateral-esquerdo gremista não quis saber de ficar de fora

Lucas Uebel/Grêmio

Único experiente do time de garotos do Grêmio que deu a largada no Gauchão, o lateral-esquerdo Bruno Cortez, de 34 anos, dispensou a folga para estar ajudando o grupo a partir de um pedido feito pelo técnico Renato Portaluppi, que sabia que o grupo estaria desfalcado na posição.

Cortez foi o capitão do time neste início e admitiu se sentir “honrado” com a faixa em entrevista ao Globoesporte.com:

“É a primeira vez que estou sendo capitão. Estou muito honrado em estar num clube muito grandioso e ser líder dos meus companheiros”, comentou.

No mesmo bate-papo, ele deu detalhes de como Renato o abordou para pedir que ele deixasse a folga de lado:

“Foi o Renato que conversou comigo. Ele falou que como não tinha o lateral na posição, porque o (Guilherme) Guedes estava machucado e o Diogo (Barbosa) ia pegar alguns dias de férias. Aí ele falou que queria contar comigo, para ficar com a garotada jogando”.

A tendência é que os demais titulares e Renato voltem a trabalhar no domingo, na Arena, diante do Pelotas, às 21h.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários