Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Maicon admite queda física no Grêmio: “Não sou mais nenhum menino”

Meio-campista tem tido problemas para completar os 90 minutos de uma partida.

O desempenho abaixo da média foi confirmado por Maicon no Grêmio. Líder do vestiário, o volante falou sobre o momento conturbado da equipe e fez uma autocrítica do seu trabalho em 2020.

Para o camisa 8, as questões físicas impedem um melhor desenvolvimento do seu futebol.

Todos já perceberam, não sou menino mais, tenho 35. As pessoas que estão aqui sabem o que procuro fazer nos dias e melhorando. Fico de fora um jogo e treino dois períodos. Mas não preciso ficar falando o que faço todo dia. Quem tem que entender isso são as pessoas que estão no clube, que em conjunto buscam a melhoria, não só para mim, para outros também. Claro que eu, em especial, devido à idade. Às vezes temos lesão e acham que é legal. Não é legal, queremos estar em campo. estou me empenhando ao máximo para que possa melhorar condicionamento e ajudar nos 90 minutos, completar o jogo e estar ajudando”, desabafou o jogador.

Maicon é peça chave nas ideias de jogo do técnico Renato Portaluppi e recebe atenção especial da preparação física e fisiologia para evitar problemas físicos. Aos 35 anos, o atleta fez 25 aparições na temporada, marcando dois gols.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Veja mais

Comentários