Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Maicon comenta reação após trauma na Libertadores: “Não podíamos enterrar a cabeça no chão”

Maicon em coletiva no Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Desde a derrota traumática para o Flamengo, pela volta da semifinal da Libertadores, o lema no Grêmio era “virar a página”. E, inicialmente, deu certo. Superior em campo, o tricolor venceu neste domingo o Botafogo em casa por 3 a 0 e seguiu na luta pela briga no G-6 do Brasileirão.

Com um gol, o volante Maicon se tornou um dos destaques do time dentro de campo, mas também teve muita importância fora dele ao remotivar os seus companheiros desde quarta:

“Procurei falar pra todo mundo que a gente não pode enterrar a cabeça no chão. Vai demorar um pouco ainda pra absorver aquela derrota. Mas hoje era importante vencer pra se aproximar da Libertadores. Nos últimos anos jogamos sempre e fizemos três semifinais. Quando perde não tem terra arrasada, não está tudo errado. Por hoje estamos de parabéns. Jogo a jogo a gente retoma o nosso lugar”, destacou.

Uma longa conversa com o técnico Renato Portaluppi na sexta-feira também marcou a preparação do elenco. Em campo, as mudanças foram a entrada de Léo Moura, Luciano e Diego Tardelli.

Sem Maicon, preservado, o Grêmio visita o Vasco, 21h30, nesta quarta-feira.

Veja mais

Comentários