Ir para o conteúdo principal

Matheus Henrique aprendeu “lições” com Maicon e Geromel para ser capitão na seleção

Volante voltou ao Grêmio nesta terça-feira e já concedeu entrevista coletiva

A “escola” de Matheus Henrique foi a melhor possível para ser um bom capitão na seleção brasileira sub-23, que obteve neste último final de semana a vaga às Olimpíadas do Japão no meio desse ano. Em coletiva nesta terça, o volante revelou ter pego alguns conselhos com Maicon e Geromel.

Os dois são os tradicionais capitães do time do Grêmio e líderes do vestiário gremista já há mais de quatro temporadas.

“Foi uma experiência boa ter sido capitão da seleção. Até falei com o Geromel quando fui capitão, usei muito do que aprendi com ele e com o Maicon”, disse.

Matheusinho, agora, fica na expectativa de também ser chamado para os Jogos Olímpicos:

“Nós sabemos como é bom estar representando o nosso país. Se eu for pras Olimpíadas, eu vou ficar muito feliz”, acrescentou.

Reincorporado ao grupo, Matheus Henrique já se colocou totalmente à disposição do técnico Renato Portaluppi para estar em campo no Gre-Nal de sábado, 16h30, no Beira-Rio, pela semifinal do primeiro turno do Gauchão.

Comentários