Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Na despedida, Herrmann pede que torcedores não deixem de apoiar os jogadores do Grêmio

Vice-presidente de futebol pediu demissão nesta quarta-feira

Lucas Uebel/Grêmio

Em sua última manifestação pública no cargo de vice de futebol do Grêmio, Marcos Herrmann, logo depois da derrota de 1×0 para o Fortaleza fora de casa, pediu para os torcedores seguirem apoiando o time na briga contra o rebaixamento.

Ele ainda se mostrou convicto de que é possível escapar da queda, embora os números apontem para a necessidade de se fazer 7 vitórias nos 14 jogos restantes.

“Sou um demissionário do clube nesse momento. Tenho certeza que podemos sair dessa. É fundamental que o apoio da torcida não nos falte. Especialmente aos jogadores. Quando algum atleta errar nos jogos em casa, é preciso aplaudir, apoiar, incentivar. Não é hora de agressões, é hora de alento. Tivemos hoje muito esforço e dedicação hoje, mas não tivemos a eficácia de ter um melhor resultado”, declarou, antes de completar:

“Quero agradecer aos membros da imprensa, que sempre foram gentis comigo, não todos, porque a vida é assim. Estarei no primeiro degrau da arquibancada alentando o nosso amado Grêmio”.

Herrmann estava no cargo desde o começo da temporada e a tendência é que Dênis Abrahão seja confirmado como o seu substituto.

Veja mais em Diretoria do Grêmio.

Comentários