Ir para o conteúdo principal

Agora aposentado, Felipão terá nova função no futebol

Albari Rosa / AFP via Getty Images

Ídolo do torcedor do Grêmio, Luiz Felipe Scolari anunciou no último domingo, após a vitória do Athletico sobre o Botafogo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, que não atuará mais como treinador, mas se engana quem pensa que ele está fora do futebol. Muito pelo contrário.

+ Grêmio manda mensagem para Felipão após fim de carreira: “Gremista que sempre foi”

Aos 74 anos de idade, Felipão seguirá trabalhando no meio esportivo, mas agora em nova função. O ex-treinador será diretor-técnico, passando a exercer o cargo já neste ano, no Athletico. Em sua primeira ação à frente da pasta, indicou o auxiliar-técnico Paulo Turra como seu substituto no comando da equipe paranaense para 2023.

Poderei, deverei parar como treinador. Já estou indicando e já falei com o presidente que o novo treinador da nossa equipe será o Paulo Turra e eu estarei como diretor técnico”, disse em entrevista à “Furacão Live”.

Em seu extenso currículo como treinador de futebol, Scolari conta com passagens por clubes como Palmeiras, Cruzeiro e Chelsea, além do Grêmio. Comandou também as seleções de Brasil e Portugal.

Números de Felipão pelo Grêmio

Luiz Felipe Scolari atuou como treinador do Grêmio em 385 partidas, com 185 vitórias, 107 empates e 93 derrotas. Conquistou os títulos da Copa do Brasil, de 1994, Copa Libertadores, de 1995, e Campeonato Brasileiro, de 1996.

Voltar para o topo