Ir para o conteúdo principal

Atacante do Bragantino explica “receita” para neutralizar o Grêmio dentro da Arena

Everton Galdino pelo Grêmio – Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Especialmente no primeiro tempo do empate em 3×3 deste domingo, na Arena, pelo Brasileirão, o Bragantino mostrou bom futebol, encurralou o Grêmio e acumulou chances perdidas. Depois da partida, o atacante Eduardo Sasha, autor de um dos gols, conversou com a imprensa e deu a sua análise sobre o duelo:

+Diogo Barbosa foi titular em todos os jogos do Grêmio no Brasileirão até agora

“A gente tem uma forma de jogador e hoje conseguimos aplicar isso. Marcamos bem eles em cima e eles não conseguiram sair de trás. Tivemos atitude, mesmo jogando fora de casa. Estamos criando essa identidade. Infelizmente, por detalhes, não saímos com a vitória”, declarou Sasha.

“Fica uma sensação de que poderíamos ter saído com a vitória pela forma como foi o jogo, pela atitude que tivemos na partida. Mas a gente sabe que é difícil vir aqui e não dá para reclamar desse jogo. Agora é em casa buscar fazer a nossa parte”, finalizou.

Renato admite que o Bragantino merecia mais

Sincero, o treinador gremista Renato Portaluppi colocou em coletiva que o time paulista merecia até resultado melhor. E cobrou a direção do clube gaúcho por reforços:

“A gente sempre procura trabalhar a cabeça do jogador para que ele desempenhe o melhor futebol. Eu entendo o torcedor, mas o nosso grupo é esse. Temos vários problemas, vários jogadores no DM. Não gosto de ter os meias pelas beiradas, eles não têm a característica de correr atrás do adversário. Por isso precisamos de jogador de velocidade. Na janela, o Grêmio precisa decidir a sua vida e decidir o que quer para esse ano”, disparou Renato.

Voltar para o topo