Ir para o conteúdo principal

De luto, Renato lamenta perda de David Coimbra e revela anos de amizade

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O técnico Renato Portaluppi, atualmente sem clube, fez um comentário bastante emotivo à Rádio Gaúcha para repercutir a morte do jornalista e comentarista David Coimbra, do Grupo RBS. Aos 60 anos, ele faleceu nesta sexta-feira em decorrência de complicações de um câncer renal.

+ Grêmio lamenta morte do jornalista David Coimbra

“Hoje, infelizmente, fui surpreendido com uma notícia muito triste. Grande jornalista, grande amigo e companheiro de chopes. Muitas vezes veio me visitar no Rio de Janeiro. Muita resenha, tanto aqui no Rio como em Porto Alegre. Amigo de muitos anos. Infelizmente essa notícia chegou. Não só a imprensa gaúcha está de luto, mas também a do Brasil todo. Meu sentimento para a família. É uma grande perda como amigo e profissional. Uma tristeza geral. Que Deus o tenha e possa confortar seus familiares. Não só o Rio Grande do Sul está de luto, mas o Brasil todo”, declarou Renato.

O Grêmio, através do seu perfil oficial no Twitter, também lamentou a morte do jornalista nesta sexta:

Nota do Hospital Moinhos de Vento

Boletim Médico – David Coimbra

O Hospital Moinhos de Vento informa com pesar o falecimento do jornalista David Coimbra, nesta sexta-feira (27), aos 60 anos, em decorrência de complicações em função de um câncer renal. Ele estava internado na instituição desde o dia 22 de maio e, na última quinta-feira, foi encaminhado ao Centro de Terapia Intensiva.

Jornalista, radialista, escritor e cronista, foi um dos autores mais reconhecidos do Rio Grande do Sul. Com passagens por diferentes redações do Sul do país, assinou obras literárias, cronista, apresentador, conquistou prêmios e sempre foi um querido amigo dos colegas.

David deixa a esposa, Marcia Camara, e o filho, Bernardo. E também deixa como legado uma marca indelével na crônica gaúcha, inspirando gerações de leitores.

Voltar para o topo