Ir para o conteúdo principal

Denis Abrahão explica como foi o último contato com Roger Machado

Reprodução

A quinta-feira vai terminando com muitas mudanças no Grêmio. Na mais impactante delas, Roger Machado deixa o comando técnico para dar lugar a Renato Portaluppi, na repetição do movimento feito em setembro de 2016. O vice de futebol Denis Abrahão também foi demitido do clube.

+ Renato atualiza redes sociais e manda recado para torcida do Grêmio

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Abrahão falou a respeito de sua saída e disse ter ido à casa de Roger comunicar da decisão:

“O Roger disse que não duvida mais nada do futebol, ele disse quando me viu: ‘Ou tu veio renovar meu contrato ou me colocar na rua’. Não tenho dúvida que subiríamos com Roger”, disse.

Retorno de Renato ao Grêmio foi decisão de Romildo Bolzan

Abrahão garante que a decisão da volta de Renato ao Grêmio partiu da vontade do presidente Romildo Bolzan Jr:

“O presidente conhece bem o trabalho do Renato. Foi uma decisão do presidente, que eu acatei, e por questões pessoais eu entendi melhor deixar ele a vontade para recolocar o Grêmio nos trilhos”, finalizou.

Dênis Abrahão se diz tranquilo com saída do Grêmio

“Dênis tá normal, o Denis queria concluir o trabalho, mas entendeu que era o momento de interromper”, disse, antes de completar: “Minha saída se deveu por estar muito desgastado. A torcida do Grêmio que me desculpe se eu não dei retorno, eu tentei de todas as formas”, afirmou em entrevista à Rádio Band.

Voltar para o topo