Ir para o conteúdo principal

Grêmio chama torcida e estipula meta ousada de sócios para 2023

Torcedora mostra a carteira de sócio – Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Depois de muito mistério nas redes sociais, o Grêmio divulgou a sua nova campanha para arrecadação em massa de novos sócios. O clube espera aumentar o quadro social e ganhar fôlego para uma temporada que promete ser de extrema dificuldade no que diz respeito às finanças.

+ Adesão de novos sócios após chegada de Suárez rende bolada ao Grêmio

Nos últimos dias, o Grêmio publicou uma série de vídeos nas redes sociais com os seus principais jogadores, como Kannemann, Pedro Geromel e Suárez, além de Renato, questionando se o torcedor seria capaz de recusar uma convocação do clube. A campanha gerou enorme curiosidade e questionamentos acerca do que poderia ser.

Com o fim do mistério, o Grêmio divulgou a meta interna de chegar aos 100 mil sócios adimplentes ainda em 2023. Hoje, o tricolor conta com 74.064 mil associados em dia, segundo a atualização disponibilizada pelo próprio clube. O objetivo é alcançar mais 26 mil novos sócios antes do fim do ano.

Quais são as modalidades de sócios do Grêmio

O Grêmio possui três modalidades de associação. O Sócio Torcedor Ouro é o mais em conta, custando R$ 38 mensais. A categoria dá desconto de 10% e prioridade na aquisição de ingressos. Já a modalidade Sócio Torcedor Diamante, ao custo de R$ 60, beneficia com desconto de 30% a 50% na compra de ingressos. Por fim, Sócio Cadeira, no valor de R$ 125, dá ao torcedor entrada livre em qualquer jogo do Grêmio na Arena.

Voltar para o topo