Ir para o conteúdo principal

Grêmio só não gastou mais em reforços do que dois clubes no Brasil

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Somente dois clubes gastaram mais em contratações do que Grêmio nesta temporada no futebol brasileiro. Voltando da Série B, o tricolor investiu pesado para dar uma cara nova ao seu time e disponibilizar peças de qualidade para o técnico Renato Portaluppi trabalhar.

+ Grêmio pode traçar estratégia para contratar Rochet de graça

Conforme levantamento, o Grêmio gastou cerca de R$ 53 milhões em novos jogadores desde o início da janela de transferências. Os mais caros foram Cristaldo, de R$ 24 milhões, Carballo, de R$ 16 milhões, e Pepê, de R$ 8 milhões.

Ainda ativo no mercado, o tricolor busca a contratação de um goleiro experiente e trabalha por Michael, que deve chegar por empréstimo sem custos.

No Brasil, apenas Flamengo e Vasco gastaram mais do que Grêmio. Os rubro negros desembolsaram R$ 123 milhões para qualificar ainda mais o seu elenco, que já é recheado de estrelas. Os cruz-maltinos, agora com fundo de investimentos norte-americano, investiram R$ 89 milhões.

Bahia e São Paulo, com 33 e 32,1 milhões em reforços, respectivamente, completam o top-5 dos clubes que mais gastaram nesta janela de transferências no Brasil (veja o ranking abaixo).

Quem mais gastou em contratações no futebol brasileiro

  1. Flamengo: R$ 123 milhões
  2. Vasco: R$ 89 milhões
  3. Grêmio: R$ 53 milhões
  4. Bahia: R$ 33 milhões
  5. São Paulo: R$ 32,1 milhões
  6. RB Bragantino: R$ 26,9 milhões
  7. Santos: R$ 4,5 milhões
  8. Internacional: R$ 25,2 milhões
  9. Cruzeiro: R$ 3,65 milhões
  10. Coritiba: R$ 20,5 milhões
  11. Fluminense: R$ 16,8 milhões
  12. Atlético-MG: R$ 8,8 milhões
  13. Fortaleza: R$ 8 milhões
  14. Cuiabá: R$ 7,6 milhões
  15. América-MG: R$ 5,2 milhões
  16. Corinthians: R$ 4,3 milhões
  17. Athletico, Botafogo, Goiás, Palmeiras: R$ 0

Com informações: UOL Esporte

Voltar para o topo