Ir para o conteúdo principal

Grêmio precisará recorrer a empréstimo bancário para manter as contas em dia

Arte / Gremistas.Net

O Grêmio vai recorrer a um empréstimo bancário para terminar a temporada sem débitos com o elenco de jogadores. Dono da maior folha salarial da Série B, o clube tem problemas com o fluxo de caixa.

+ Volante ex-Grêmio estreia com classe e é eleito o melhor da partida na Série A de Portugal

A queda para a segunda divisão do futebol nacional resultou na perda de R$ 200 milhões em receitas para 2022. O empréstimo visa corrigir este déficit e fazer com que o clube siga honrando com todos os seus compromissos até o fim da atual temporada.

Dono da maior folha salarial da Série B, o Grêmio desembolsa entre 10 e 11 milhões todos os meses para pagar seus jogadores. A folha do clube, vale destacar, é maior do que pelo menos a de 11 times da primeira divisão.

O valor do futuro empréstimo ainda não foi confirmado pelo clube.

Voltar para o topo