Ir para o conteúdo principal

Grêmio rescinde contrato com promessa argentina das categorias de base

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O jovem meia-atacante Thomi Montefiori está fora do Grêmio. Aos 19 anos, ele até teve a recomendação da permanência feita pelo departamento de base do clube, mas a direção, segundo o site GZH, mostrou um certo receio de assumir o pagamento dos direitos de formação do argentino.

+ Grêmio: corrida por reforços, jogador na mira da Europa e atacante voltando

Inicialmente, o Grêmio trabalhava com a ideia de não ter que fazer nenhum pagamento pela aquisição do jogador, mas, desta maneira, o “Messi de Chesire” vai deixar Porto Alegre sem minutos em campo pelo time de cima.

Pelos cálculos feitos, o Grêmio entendia que os valores poderiam ser de US$ 150 mil, aproximadamente R$ 772 mil. Por outro lado, os representantes do atleta afirmam que o custo seria de US$ 8 mil, cerca de R$ 41 mil. 

Toda esta situação se deu por conta de um erro de registro do Nantwich-ING, clube que o jogador argentino também esteve em período de experiência.

Voltar para o topo