Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Pai de Jean Pyerre fala em arrependimento, pede desculpas e cita “irritação” ao atacar Renato

Eduardo Corrêa voltou a se pronunciar nesta segunda-feira

Reprodução

Um dia depois de fazer pesados ataques ao técnico Renato Portaluppi em vídeo vazado nas redes sociais, o pai do meia Jean Pyerre, Eduardo Corrêa, publicou um comunicado se desculpando pela atitude intempestiva que acabou tendo.

A “ira” de Corrêa aconteceu logo depois de Palmeiras 2×0 Grêmio pela finalíssima da Copa do Brasil.

“Gostaria de pedir minhas mais sinceras desculpas ao treinador Renato Portaluppi pelas ofensas proferidas em um vídeo feito por mim que foi vazado ontem. Esse ato não reflete a opinião de terceiros e, em momento algum, quis prejudicar meu filho e seus companheiros. Foi em um momento de irritação pelo clube que sempre torci incondicionalmente. Reforço, peço desculpas a quem se sentiu ofendido com a minha atitude e entendo a dimensão do meu ato. Uma boa semana a todos”, disse o pai do camisa 10.

Reveja o vídeo que causou a polêmica:

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários