Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Para dirigente do Grêmio, atletas aindam sentem falta de Renato: “Jogavam mais à vontade”

Renato deixou o comando do clube ainda no mês de abril

Lucas Uebel/Grêmio

Na visão do ex-presidente e atual vice Duda Kroeff, o time do Grêmio ainda está sentindo falta de Renato Portaluppi, que encerrou no mês de abril um trabalho de quase cinco anos ininterruptos no comando. O dirigente voltou a falar do antigo treinador em entrevista à Rádio Guaíba:

“Eu tenho pra mim que os jogadores estão sentindo falta da liderança do Renato. Eles gostam do Tiago, mas jogavam mais à vontade”, declarou.

Kroeff nega que os jogadores tenham rusgas com o atual comandante Tiago Nunes, mas admite não saber o porquê da posição de lanterna no Brasileirão:

“Ninguém tem o diagnóstico exato do porquê o Grêmio está em último lugar. O ambiente é ótimo, não tem vestiário dividido, os jogadores estão solidários com o Tiago Nunes. Mas alguma coisa não está dando certo”, disse, antes de ampliar:

“É a primeira vez que o Grêmio passa por isso, todos os Clubes grandes passam uma vez na vida. Mas tem que ter calma. Seria bom se o jogo fosse às 16h, mas é 20h30 e a gente espera. O importante é ganhar o jogo”.

No ultimato a Tiago Nunes, o Grêmio precisa urgentemente vencer o Atlético-GO neste domingo, 20h30, na Arena.

Veja mais em Renato Portaluppi.

Comentários