Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Por revanche, Bolzan revela desejo de enfrentar o River Plate na final da Libertadores

Se puder escolher, presidente gremista quer reencontrar os argentinos

Presidente Romildo Bolzan do Grêmio dando entrevista

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Prevista para voltar na primeira semana de maio por conta do avanço do coronavírus, a Libertadores parou apenas na segunda rodada da fase de grupos, tendo ainda muita coisa para acontecer. Mas o presidente gremista Romildo Bolzan Jr já coloca os olhos lá na frente.

Em entrevista concedida ao Fox Sports nesta quarta-feira, o dirigente admitiu que gostaria de fazer uma revanche com o River Plate na eventual final da disputa de 2020.

“Eu ainda tenho um gosto amargo do gosto de 2018, da semifinal contra o River Plate, por conta do gol de mão que eles fizeram e da situação envolvendo o treinador deles, que foi um deboche. Eu tenho isso engasgado, então eu gostaria muito de ser campeão sobre o River Plate. Aquilo não foi uma prática esportiva. Aquilo foi uma esperteza chancelada pela Conmebol”, disse Romildo.

Contudo, Bolzan vê as equipes brasileiras muito bem preparadas e favoritas para a taça cobiçada desse ano.

“Acho que os mais difíceis de enfrentar na Libertadores são os clubes brasileiros. eles estão muito fortes. Todos são favoritos. Tenho vontade de enfrentar o River Plate na final, mas acho que a Libertadores ficará entre os brasileiros”, completou o mandatário tricolor.

Com um saldo de gols inferior ao Inter, o Grêmio é o 2º do Grupo E com 4 pontos.

Veja mais em Copa Libertadores.

Veja mais

Comentários