Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

“Fatia” de venda futura poderá definir venda de Everton para o Benfica

Grêmio poderá ter direito a 15% da próxima venda de Everton devido a negociação com o Benfica.

Everton no treino do Grêmio

Everton treinando no Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A iminente venda de Everton poderá ocorrer em um formato não antes imaginado pelo Grêmio, mas a necessidade de efetivar o negócio faz com que a direção gremista flexibilize as suas exigências para acertar com o Benfica.

A oferta feita no encontro realizado entre as partes nesta terça-feira é de 22 milhões de euros, mas o Tricolor tentará aumentar em pelo menos 3 milhões o valor total da negociação. Porém, o que poderá ser determinante é a cláusula de uma futura venda discutida entre as equipes.

O Grêmio deixou claro que sua pedida não está dentro da realidade oferecida pelos portugueses, mas aceitou negociar ainda assim. Por isso, um dispositivo que dará direito a 15% dos valores da próxima venda de Everton aos gaúchos está sendo negociado para fazer parte do acordo da transferência. A ideia surgiu do histórico do futebol de Portugal, conhecido por abrir as portas do mercado europeu para grandes jogadores brasileiros. Desta forma, caso Cebolinha ganhe destaque e seja comprado por um time maior, o Grêmio lucrará no futuro.

Everton e Benfica já chegaram a um acordo para a sua transferência. Em Lisboa, o atacante assinará contrato de cinco anos e é aguardado já no próximo final de semana, segundo a imprensa portuguesa.

Veja mais

Comentários