Ir para o conteúdo principal

Pré-temporada forte e reforços pontuais: como o Grêmio espera retornar à elite brasileira em 2023

Pré-temporada longa, manutenção do time e reforços pontuais: como o Grêmio pretende retornar à Série A no próximo ano.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Dada a queda à segunda divisão, o Grêmio deu início a um planejamento para que o clube retorne à elite do futebol brasileiro em 2023.

Após confirmar a manutenção do técnico Vagner Mancini, o primeiro passo foi estipular uma pré-temporada longa a fim de evitar o acúmulos de lesões musculares após a metade do ano, como aconteceu em 2020 e em 2021. Assim, os jogadores vão se reapresentar no dia 10 de janeiro para trabalhos físicos e técnicos por 30 dias.

Com o elenco principal em pré-temporada, ficou a cargo do Grupo de Transição disputar os 5 primeiros jogos do Campeonato Gaúcho. O cronograma pode mudar em caso de desempenho abaixo da média dos jovens no torneio estadual.

Por fim, a chegada de reforços pontuais após a dispensa/venda de 6 jogadores. O Grêmio anunciou a contratação de 4 atletas, sendo os laterais Orejuela e Nicolas, o zagueiro Bruno Alves e o atacante Janderson. O meia argentino Benítez, ex-São Paulo e Vasco, ainda pode ser a 5ª contratação.

Se conseguir seguir à risca o planejamento, o time principal do Grêmio deve estrear em 2022 contra o Juventude, na Arena, no dia 13 de fevereiro (data ainda a confirmar) com a seguinte escalação base: Gabriel Grando; Orejuela, Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Lucas Silva e Thiago Santos; Douglas Costa, Campaz (ou Villasanti) e Ferreira; Diego Souza.

Veja mais em Bastidores.

Você pode gostar

Comentários