Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Prestes a deixar o Grêmio, Diego Rosa fala sobre passagem no tricolor: “Sentimento de dever não cumprido”

Jogador deve viajar em janeiro para atuar no futebol belga ou francês

Diego Rosa, do Grêmio, pela Seleção Brasileira — Divulgação

O jovem Diego Rosa está cada vez mais próximo de dar adeus ao Grêmio. O jogador que era tratado como um dos destaques da base tricolor foi vendido do City Group, grupo do Manchester City.

O jogador completou 18 anos e, em janeiro, está rumando para o solo Europeu, onde vai começar sua jornada fora do Brasil. Diego tem a possibilidade de atuar em dois clubes do City Group.

As opções do jovem são o Lommel, da Bélgica e o Troyes, da França. Esses clubes pertencem ao City Group e são uma espécie de “estágio” onde jogadores jovens atuam para adquirir bagagem.

Diego conversou com o ge.com e falou sobre sua passagem pelo Grêmio. O jogador, mesmo mostrando gratidão, afirmou que fica triste em não ter jogado no profissional do clube.

“Eu sou muito grato ao Grêmio pela oportunidade e fica aquele sentimento de dever não cumprido, pois eu queria ter jogado no profissional e ajudado o clube, mas saio com a mente tranquila. Pude dar o meu melhor pelas categorias de base, ajudei o clube e ainda fui campeão pela seleção brasileira. Isso é inesquecível”, afirmou Diego via assessoria de imprensa ao ge.com.

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

A negociação renderá ao Grêmio cerca de 6 milhões de euros (R$ 39,2 milhões) inicialmente, mas pode chegar a 23,5 milhões de euros (R$ 153,7 milhões) se o jovem volante atingir as metas estabelecidas em contrato.

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários