Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Repórter argentino que bancou Cavani se manifesta após entrevista de Bolzan: “Por que negociou?”

Confira a nova postagem do jornalista que cravou Cavani no tricolor

Centroavante Cavani, do PSG — Franck Fife / AFP

O jornalista Sebástian Srur, da Rádio Continental, da Argentina, voltou a se manifestar via Twitter nesta quarta-feira após a coletiva de imprensa do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, que descartou a chegada de Edinson Cavani neste momento.

Na última sexta-feira, Srur, também via rede social, cravou com todas as letras que o centroavante uruguaio já estava acertado com o Grêmio.

“Me faço uma pergunta: se é tão cara e tão difícil a negociação, por que o presidente Romildo Bolzan negociou com Cavani na semana passada?”, postou o repórter.

Veja:

A fala completa de Bolzan sobre a “novela Cavani” foi esta:

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

“O atrelamento do Grêmio ao Cavani é cultural. A imortalidade, a forma como joga, tem tudo a ver. Se alguém sonha com ele, sonha corretamente. Há tempos atrás, fizemos uma conversa com ele. Mas não é o Grêmio que vai competir com os clubes da Europa. Vamos voltar pra racionalidade. Mas não vamos contaminar o ambiente. Não foi do Grêmio que partiu esta matéria. Não temos a mínima possibilidade de fazer uma situação dessas. Passou a ser um desejo. E digo a torcida: se um dia tivermos a condição de fazer essa contratação, não mediremos esforços. Mas não temos como avançar. Temos que voltar para a nossa realidade que é voltar a fazer as vitórias”, destacou, antes de concluir:

“Se ele fizer uma opção de jogar na América do Sul, poderemos conversar um dia. Se ele tiver o projeto de querer morar no continente e fizer um projeto em cima disso, vamos conversar. Por enquanto, não é isso que se desenha. Não é o que está acontecendo. O Grêmio tem o desejo. Qualquer clube mundial deseja contar com o Cavani. Se um dia o jogador quiser, tudo bem. Vamos tentar viabilizar através de um grande projeto”.

Veja mais em Mercado da Bola.

Veja mais

Comentários