Ir para o conteúdo principal

Rival na ocasião, Diogo Barbosa diz que Grêmio deve repetir o que fez contra o Palmeiras em 2019

Grêmio e Santos disputam uma vaga na semifinal da Libertadores

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Um ano depois, o Grêmio volta a fazer uma partida de volta das quartas de final da Libertadores contra um brasileiro e em São Paulo. Em 2019, a missão foi concluída com sucesso diante do Palmeiras e, agora, o tricolor tenta repetir a dose diante do Santos nesta quarta.

Naquela ocasião, o Palmeiras tinha em seu elenco o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que hoje defende o Grêmio:

“O time do Grêmio pressionou o tempo todo nós (Palmeiras – 2019), então é o que o Grêmio tem que fazer amanhã. Ter o domínio da jogada o tempo todo, sabemos que será um grande jogo”, comentou em coletiva.

Contra o Palmeiras, o Grêmio havia perdido na Arena por 1×0 e foi buscar a classificação ganhando de 2×1 fora de casa. Esse mesmo placar serve na quarta-feira, na Vila Belmiro, às 19h15.

“O primeiro jogo foi bem disputado e bem difícil, jogo de Libertadores é assim. Nesse jogo da volta a gente tem que buscar coisas diferentes para ludibriar a marcação. A gente tem que ter calma porque vão tentar nos sufocar no início”, concluiu o lateral.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários