Ir para o conteúdo principal

Rodrigo Caetano diz que o Atlético-MG não queria decidir o título brasileiro contra o Grêmio

Dirigente não queria chegar na última rodada para decidir o título brasileiro.

Pedro Souza / Agência Galo / Atlético

Precisar decidir o título do Campeonato Brasileiro no jogo contra o Grêmio não era algo visto com bons olhos pelo Atlético-MG, segundo revelou o diretor executivo da equipe mineira, Rodrigo Caetano.

O Atlético-MG consagrou-se campeão na partida contra o Bahia, e de certa forma deu uma ajudinha para o Grêmio. O duelo desta quinta-feira perdeu importância para o Galo, mas enfrentar a equipe gaúcha para tentar o título brasileiro, seria uma tarefa complicada.

“Tudo que nós não queríamos era decidir o Campeonato Brasileiro em Porto Alegre contra o Grêmio. Quis o destino que decidíssemos em Salvador contra o Bahia”, disse o dirigente em entrevista à Rádio Gre-Nal.

Rodrigo Caetano também afirmou que a partida contra o Grêmio não é a prioridade. O Atlético-MG começará a decidir o título da Copa do Brasil neste domingo, contra o Athletico-PR, em Belo Horizonte.

“Agora à tarde a gente tem o último treinamento e depois embarca para Porto Alegre. A nossa prioridade é a final da Copa do Brasil no final de semana”, afirmou.

Se para o Atlético-MG a partida é protocolar, para o Grêmio é jogo de vida ou morte. O Tricolor precisa vencer e contar com as derrotas de Juventude e Bahia para permanecer na Série A.

Veja mais em Brasileirão.

Você pode gostar

Comentários