Ir para o conteúdo principal

Roger Flores comenta “corpo mole” do Internacional e cita “atitude covarde” contra o Cuiabá

Equipe colorada levou 1x0 fora de casa nesta quarta

Ricardo Duarte/Divulgação/Inter

Ex-jogador do Grêmio e atual comentarista dos canais SporTV, Roger Flores fez duras críticas à postura do Inter na derrota de 1×0 para o Cuiabá, nesta quarta-feira, fora de casa, pelo Brasileirão. Ele não acredita que o time gaúcho forçou a derrota para prejudicar o Grêmio, mas viu certa “atitude covarde” no desempenho.

“A atitude do Inter é covarde. Até melhorou com Edenilson. Mas eu como admirador e comentarista, não admito a atitude que teve hoje. Pelo peso, pela camisa, não admito jogar dessa maneira. Precisa acordar. Espero que mude a atitude. Tem clube e tamanho para jogar mais”, disparou Roger, antes de acrescentar:

“Eu não consigo explicar o porquê de oscilar tanto. Tem um treinador experiente, bons jogadores, vestem uma camisa gigantesca. Eu não consigo entender um campeonato com o Inter oscilando tanto. Eu não acredito em corpo mole para prejudicar o Grêmio. Falta é ambição. Ter adrenalina. O Inter não tira o seu torcedor da cadeira”, ampliou.

Com a vitória, o Cuiabá chegou a 42 pontos e se distanciou da zona do rebaixamento, que tem o Grêmio em 18° lugar com 32, ainda a sete de sair do Z4.

O tricolor tem mais seis jogos para fazer e precisa vencer a Chapecoense, sábado, fora de casa, a partir das 19h.

Veja mais em Brasileirão.

Você pode gostar

Comentários