Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Rogério Ceni indica que pode deixar o Cruzeiro após goleada do Grêmio

A crise está grande no Cruzeiro e não dá mostras de que vai acabar tão cedo. Depois de cair na Copa do Brasil para o Inter, o time mineiro levou uma goleada de 4×1 para o Grêmio neste domingo, em casa, e o técnico Rogério Ceni não bancou a sua continuidade no clube.

Ao dar coletiva de imprensa, Rogério se disse bastante “envergonhado” e destacou que pretende fazer mudanças drásticas caso siga como treinador do Cruzeiro nas próximas semanas.

“Eu preferia não dar coletiva, vim por educação. Não nasci para tomar pancadas como essa… Poucas vezes na minha carreira tomei 4 gols em casa. Para mim, isso não é normal. Respaldo é uma coisa muito importante. Eu perdi muito, mas não nasci para perder. Não nasci para tomar duas pancadas seguidas como essas. Entra a reputação em jogo. Caso eu siga técnico do Cruzeiro, vamos precisar fazer mudanças”, prometeu.

O capitão cruzeirense, Henrique, soltou até um palavrão ao definir a fase da equipe:

“Depois de uma partida dessa, de muitos erros novamente, nós ficamos p… e revoltados com o resultado, porque nós não podemos aceitar isso. Vão se passando os jogos, a gente vai sofrendo derrotas, e a gente não pode ficar da forma que a gente está, aceitar essa situação. Não podemos”, afirmou.

Lutando contra o rebaixamento, o time de Minas é o 16°, com 18 pontos. Já o Grêmio tem 25 e está no 10° lugar.

Veja mais em Brasileirão.

Comentários