Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Romildo afirma que não existe “a mínima chance” de retomar as negociações por Douglas Costa

Jogador estará de férias no final de maio em Porto Alegre

Giuseppe Maffiax / Imago Images

O Grêmio deu como encerrada a negociação por Douglas Costa nesse momento. O grande fator que travou as tratativas entre o clube e o atleta foi a pedida salarial.

A informação do repórter Vagner Martins, da Rádio Bandeirantes traz a seguinte negociação envolvendo o retorno de Douglas Costa para Porto Alegre.

  • Enquanto estava na Libertadores, o Grêmio teria oferecido um salario na casa dos R$ 2,5 milhões para o atleta;
  • Com a eliminação na competição, saída de Renato e novo panorama financeiro, a proposta do Grêmio caiu para R$ 1,2 milhão por mês;
  • Douglas Costa baixou a sua pedida para R$ 2 milhões por mês e se mostra irredutível quanto aos valores.

No entendimento da direção do Grêmio, mesmo que Douglas Costa baixe mais a sua pedida, seria necessário que o Grêmio subisse a proposta salarial, algo que seria inviável no momento e, por isso, a vinda é dada como impossível no momento.

O repórter da Rádio Guaíba, Rafael Pfeiffer, conversou com o presidente Romildo Bolzan Júnior sobre a possibilidade de retomada das negociações e, segundo o mandatário tricolor, não existe “a mínima chance” das conversas serem retomadas hoje.

Vale ressaltar que a tendência é que Douglas Costa venha para Porto Alegre no final deste mês de maio para passar as férias com a família. Isso, no entanto, não influencia na negociação que, nesse momento, está encerrada por parte do Grêmio.

Veja mais em Mercado da Bola.

Comentários