Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Romildo pede união de clubes em movimento na CBF: “O Grêmio não vai desistir”

Presidente garante que não descansará enquanto não houver um esclarecimento da CBF

O Grêmio faz parte de um movimento de clubes brasileiros que busca transparência no uso da tecnologia do árbitro de vídeo no futebol brasileiro.

A transparência na utilização do VAR é um pedido que não pertence somente ao Grêmio, tendo a influência e interesse direto de outras equipes brasileiras. Por isso, o presidente Romildo pede que exista união entre os clubes no momento.

“O Grêmio não vai desistir enquanto não tiver uma situação clara a respeito disso. Estamos atentos, nos posicionando, trabalhando, e queremos estabelecer a verdade dos fatos para ver se o futebol brasileiro não teve sua moralidade atingida”, declarou o presidente.

Além dessa solicitação, o Grêmio entrou com o pedido de anulação do jogo contra o São Paulo por acreditar ter sido diretamente prejudicado pela arbitragem na partida em, pelo menos, quatro lances.

O tricolor reclama de dois lances de pênalti na partida que não foram consultados no VAR e de duas entradas que, segundo o Grêmio, seriam de cartão vermelho para os jogadores do São Paulo.

A entrada de Tchê Tchê em Alisson, por exemplo, rendeu uma lesão ao atleta gremista que ficará cerca de três semanas longe dos gramados por causa de uma lesão de estiramento dos ligamentos do tornozelo esquerdo.

Veja mais em Arbitragem.

Comentários