Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Saídas recentes devem gerar economia de quase R$ 50 milhões em 2022 para o Grêmio

Clube já dispensou 16 jogadores, e planeja uma economia ainda maior.

Silvio Avila / Getty Images

O Grêmio está reformulando o seu elenco para a temporada de 2022 e readequando os padrões salariais para a disputa da série B do Campeonato Brasileiro.

Com a saída de diversos atletas confirmadas e outras próximas de confirmarem, o Tricolor já mostra números empolgantes no balanço financeiro.

Saíram da equipe até o momento: Rafinha, Cortez, Léo Pereira, Luiz Fernando, Vanderson, Borja, Alisson, Isaque, Everton Cardoso, Juninho Capixaba, Darlan e Patrick. Douglas Costa e Jean Pyerre estão próximos de formalizar a sua saída do Tricolor.

Com isso, a economia gerada aos cofres do clube chega a quase R$ 4 milhões. Com isso, a folha salarial do Grêmio, hoje, é de R$ 10 milhões por mês. A ideia da diretoria é diminuir ainda mais esse número.

Você pode gostar

Comentários