Ir para o conteúdo principal

Victor Ferraz lamenta passagem pelo Grêmio: “Não pensei que ia passar o que eu passei”

Lateral deixou o clube de forma antecipada e lamenta ano de 2021.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Do deslumbre com o clube à saída pela porta dos fundos. Victor Ferraz falou pela primeira vez sobre sua passagem pelo Grêmio, que chegou ao fim no início do mês de novembro, antes mesmo do encerramento do Campeonato Brasileiro.

Fora dos planos, Ferraz treinou em separado do elenco de jogadores na maior parte da temporada, e só voltou a trabalhar com a equipe principal a pedido dos companheiros.

“No Grêmio, nem eu sei realmente o que aconteceu. É um clube fantástico, fiquei apaixonado pelo Grêmio, por Porto Alegre, pela torcida, mas gostaria que tivesse sido de outra maneira”, disse o lateral, antes de completar:

“Em meu primeiro ano, joguei quase 50 jogos e tivemos bons resultados. Não foi um ano da grandeza que o Grêmio merece ter, mas conseguimos nos manter bem. Não pensei que ia passar o que eu passei em 2021, mas sempre respeitei a opinião de todo mundo”, afirmou Ferraz em entrevista à Rádio Gaúcha.

Victor Ferraz pediu o final antecipado de seu vínculo com o Grêmio, que iria até o próximo mês de dezembro, e deixou o clube após 45 partidas, 1 gol e 4 assistências.

Você pode gostar

Comentários