Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Victor Ferraz nega arrependimento por ter vindo ao Grêmio, mas discorda de treino em separado

Lateral-direito não seguirá no clube na próxima temporada

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Treinando em separado do elenco ao lado de Paulo Victor e Everton, o lateral-direito Victor Ferraz criticou a decisão do Grêmio e indicou não “merecer” passar por isso. Ele tratou do assunto em pergunta feita por um seguidor no Instagram sobre eventual “arrependimento” por ter aceitado jogar no clube.

Ferraz negou e citou alguns momentos legais que teve na temporada de 2020, antes de admitir que teve uma queda na parte técnica:

“De forma alguma (arrependimento). Tive grandes momentos aqui no ano passado. Liderei as assistências na minha posição durante grande parte do ano. Fomos campeões do Gauchão, fizemos 59 pontos no Brasileirão e fomos pra pré-Libertadores, fizemos quartas de final da Libertadores e fomos vice da Copa do Brasil”, postou o jogador de 33 anos, antes de ampliar:

“Realmente no final eu oscilei bastante e estive abaixo do que poderia produzir. Essa é a parte que o torcedor mais lembra por ser o fim e eu respeito. O Grêmio é gigante e tem que jogar bem sempre. Mas, na minha opinião, (estou) longe de ser um jogador que mereça ser afastado e treinar no período oposto aos meus companheiros”.

Atualmente, o titular da posição é Vanderson tendo Rafinha como reserva. O contrato de Ferraz vai até dezembro de 2021.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários