Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Zagueiro do Grêmio fala sobre vaias da torcida e reafirma sentimento da equipe

Bruno Alves voltou a ser titular do time gremista

Lucas Uebel/Grêmio

Um dos jogadores que parou para conversar com a imprensa após Grêmio 2×0 Sampaio Corrêa, na Arena, foi Bruno Alves. De volta ao time após ter Covid-19, o defensor falou da importância do jogo e também dos momentos de impaciência da torcida, que lotou o estádio com mais de 30 mil pessoas.

+Últimas do Grêmio: Vitória em casa, Mário Fernandes e desabafo de Edilson

“Todos que jogam contra nós querem beliscar alguns pontos. A gente tem que ter paciência e a torcida também. A gente sabe da pressão que é jogar no Grêmio e do peso da camisa”, disse Bruno, antes de ampliar:

“Eles apoiando do início ao fim. Quando a gente joga fora de casa a gente sente a dificuldade quando a torcida adversária apoia. Hoje nos apoiaram. Teve um momento de impaciência, mas todos querem o bem do Grêmio”.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Roger falou sobre o comportamento da torcia do Grêmio

O técnico Roger Machado também falou sobre o tema e traçou um paralelo com Vasco da Gama e Cruzeiro:

“Torcedor de Vasco e de Cruzeiro no primeiro ano do rebaixamento também geravam ansiedade pro time. Eles aprenderam a jogar a Série B por estarem mais tempo. Nós vamos ter que jogar com essa ansiedade até o fim e eu já falei para os jogadores”, comentou o técnico.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários