Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Adilson Batista diz vibrar quando Geromel e Kannemann marcam Guerrero nos Gre-Nais

Treinador está sem clube desde que deixou o Cruzeiro em 2020

Bruno Haddad / Cruzeiro

Treinador do Grêmio entre as temporadas de 2003 e 2004 e zagueiro campeão da Libertadores pelo clube em 1995, quando inclusive era o capitão do time, Adilson Batista concedeu entrevista recente ao Bolados FC, do YouTube, fazendo elogios à história feita por Geromel e Kannemann na era atual.

Com bom humor, o Capitão América ainda se divertiu bastante ao falar dos Gre-Nais e da dificuldade que Paolo Guerrero tem em enfrentar a dupla gremista:

“Quando eu assisto os Gre-Nais, eu gosto de ver o Geromel e o Kannemann marcando o Guerrero. Eu vibro aqui (risos). Eu fico contente. Os meninos fazem um ótimo trabalho, assim como os meninos de agora que têm muito potencial. O importante é, cada um na sua geração, contribuir. Fazendo história. Torço por eles lá”, disse Adilson.

Mas Batista ficou em cima do muro ao citar qual dupla seria melhor, se a dele e de Rivarola ou a de Geromel e Kannemann. Para não se comprometer, preferiu citar uma mais antiga: Mauro Galvão e Airton Pavilhão.

Sempre com a torcida de Adilson Batista, o Grêmio volta a jogar neste domingo, 20h30, em casa, diante do Sport Recife.

Comentários