Ir para o conteúdo principal

Após deixar o Grêmio, Ruan chega motivado ao Sassuolo: “Sonho realizado”

Zagueiro será colega de Matheus Henrique em solo europeu.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Titular do Grêmio durante grande parte do último Brasileirão, que culminou no terceiro rebaixamento da história do clube, o zagueiro Ruan já está na Itália para defender o Sassuolo, mostrando-se bastante motivado pelo desafio que terá pela frente.

“Feliz por mais esse novo desafio em minha vida, fazer parte de um grande clube europeu é mais um sonho realizado, obrigado Sassuolo pela oportunidade e por acreditar no meu trabalho, vamos juntos negro verde”, postou o jogador nas redes sociais.

Ruan, na Itália, será colega do também ex-gremista Matheus Henrique, que havia sido vendido no meio da última temporada. O zagueiro rendeu 5 milhões de euros ao Grêmio, que ainda terá 10% de uma futura transferência.

Há alguns dias, Ruan também havia escrito uma despedida ao Grêmio lamentando a queda e projetando um dia retornar:

“Cheguei ao Gremio em 2017, com medos, inseguranças, ansiedades de saber como ia ser trabalhar e viver dentro de um clube da magnitude do Grêmio, foram quase 5 anos escrevendo minha história dentro desse clube, o clube que desde quando nasci, ouvia sobre seus feitos e me apaixonei de cara. Me sinto envergonhado em ter que deixar o clube na situação que nos encontramos, a tristeza toma conta, por mais que pessoas achem que não sentimos, sim, sentimos muito. Manchar a história de um clube gigantesco, um dos maiores clubes do mundo, e o maior do Brasil, sim, nos entristece, somos todos culpados e não fugimos dessa responsabilidade em nenhum momento. Mas, orgulhoso de mim mesmo pois em todos os momentos que pude, todos os momentos que vesti a camiseta do Grêmio, dei o meu melhor, o máximo que eu pude, para tentar ajudar esse clube Fica aqui o meu agradecimento a todos que me apoiaram, todos os torcedores que não desistiram até o fim e compraram a briga com a gente. Agradeço aos meus companheiros, profissionais, funcionários, de TODA essa instituição, pelo aprendizado e por terem me dado a oportunidade de me profissionalizar e vestir esse manto sagrado. Saio daqui com um amor ainda maior pelo Grêmio, com a cabeça erguida e com fé e esperança de que um dia eu possa voltar e mudar esse episódio que ficou pra trás”, declarou.

Você pode gostar

Comentários