Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Bolzan abre o jogo e comenta chances de demissão de Roger em caso de derrota para o Vasco

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Por enquanto, o técnico Roger Machado deve seguir no comando do time do Grêmio, mesmo que o resultado do jogo contra o Vasco, nesta quinta-feira, não seja o esperado pelo clube. Pelo menos este é o discurso do presidente Romildo Bolzan no momento.

+ Com retorno de Edilson, Grêmio divulga lista de relacionados para pegar o Vasco da Gama

“Claro que (uma derrota) gera uma desestabilização. Acredito muito no trabalho do Roger, não vejo nenhum risco nesse momento em relação a isso (demissão). Mas os resultados tem que vir, tem que aparecer”, disse Romildo.

Sobre a reunião de segunda-feira, Bolzan afirma que serviu para dar suporte ao treinador: “Fizemos uma reunião com o Roger para saber o que mais ele precisava. Não fizemos exigências, nem nada disso. Os nossos empates têm desempenhos irregulares, e isso nos preocupa”.

O Grêmio enfrenta o Vasco nesta quinta-feira, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, às 20h. O duelo é válido pela 10ª rodada do Brasileirão Série B.

Veja mais em Roger Machado e Romildo Bolzan.

Você pode gostar

Comentários