Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Bolzan não descarta abrir negociação com Lucas Leiva, mas avisa sobre limitações

Presidente gremista tratou do mercado do clube em coletiva

Rodrigo Fatturi / Grêmio FBPA

Em entrevista coletiva concedida depois do título da Recopa Gaúcha sobre o Glória, o presidente Romildo Bolzan atualizou temas de mercado do Grêmio e falou sobre Lucas Leiva, que ficou livre no mercado a partir da recente saída da Lazio, da Itália. O mandatário gremista não descartou a negociação, mas lembrou as atuais limitações financeiras do clube em ano de Série B.

Assim, compreende-se que um possível retorno de Lucas passaria por uma necessidade de redução dos seus padrões salariais atuais. Nesta semana, surgiu a informação de que clubes como Botafogo e Atlético-MG também estariam interessados em tê-lo.

+ Grêmio se torna o maior campeão da Recopa Gaúcha; veja o ranking

“Não tenha dúvida que o Lucas Leiva é um jogador absolutamente incontestável. Ele foi importante em 2005 para nós. Se formou no Grêmio praticamente. E o histórico é incontestável. De extrema qualidade. O Grêmio não tem hoje uma conversa com ele pessoalmente. Temos limitação financeira. Se tivermos uma situação de convergência financeira e de contrato, contemplando ambas as partes, acho que é possível. Hoje, sinceramente, não temos nenhuma conversa”, comentou Bolzan.

Por outro lado, o presidente do Grêmio confirmou que o atacante Guilherme e o meia Thaciano devem voltar na reabertura da janela em julho:

“Guilherme está apalavrado. Thaciano é jogador do Grêmio por contrato. Se nada mudar, volta. Acho que são dois jogadores importantes para o contexto que a gente vive. Temos indignação. Não ganhamos do Criciúma por detalhe. Mas acho que podemos acrescentar jogadores para sermos mais competitivos”, completou.

Veja mais em Romildo Bolzan.

Você pode gostar

Comentários