Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Bolzan segura as lágrimas ao falar do legado de Maicon: “Um herói”

Volante indicou que jogará em outro clube na próxima temporada.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Bastante emocionado, o presidente Romildo Bolzan foi o responsável pelas homenagens do clube ao meio-campista Maicon, que se despediu do Grêmio na semana passada após rescisão de contrato. O mandatário precisou contar as lágrimas durante entrevista coletiva com o jogador nesta quarta-feira.

Para Bolzan, Maicon foi expoente técnico de um dos maiores momentos da história do Grêmio.

“Se o Grêmio jogou o melhor futebol do país, foi porque teve um maestro. Um líder técnico e tático. E um estilo que deu certo por ter os jogadores certos. Mas tinha no Maicon uma liderança que conduzia as coisas para frente”.

“O Grêmio não teria o auge técnico dos anos de glória em 2016 e 2017 caso não fosse contigo. Tu foste um leão, um herói, um guerreiro do Grêmio”, declarou o presidente.

Maicon, entre lágrimas e muita gratidão ao Grêmio, indicou que vai seguir jogando por outro clube a partir de 2022, quando terá 36 anos.

“Agora vou me cuidar para que ano que vem eu possa voltar a fazer o que eu mais amo, e volte aqui. Mesmo (jogando) contra, encontrar o carinho de todos aqui”, disse o jogador.

Comentários