Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Bressan relembra trauma contra o River, diz que gostaria de voltar atrás e garante: “Sempre torcerei pelo Grêmio”

Bressan no FC Dallas

Divulgação / FC Dallas

Extremamente criticado por sua partida contra o River Plate, em 2018, na Arena, pela volta da semifinal da Libertadores, o zagueiro Bressan voltou a tocar no polêmico assunto – desta vez, em sincera entrevista concedida à GaúchaZH.

Na ocasião, ele substituiu o lesionado Paulo Miranda, fez pênalti e foi expulso durante a virada de 2×1 dos argentinos, que tirou o tricolor da aguardada final. Atualmente, joga no Dallas FC, dos EUA.

“Claro que não é uma coisa que me traz uma grande lembrança. Desde criança, quando saí de Caxias, sou uma pessoa muito positiva. Aquele momento foi muito complicado da minha carreira, mas eu lembro pelo aspecto positivo onde me abriram portas que talvez não teriam me aberto naquele momento. Procuro sempre olhar o lado positivo das coisas. Claro que se pudesse voltar no tempo, gostaria de ter colocado o Grêmio no final da Libertadores. Mas acho que Deus é muito bom com a gente, tive a oportunidade de um ano antes ter comemorado o título da Libertadores com o Grêmio apesar de tudo o que aconteceu naquele jogo”, destacou.

Apesar das críticas, ele garante torcer pelo clube e evita ter mágoa com os torcedores:

“Acho que nunca vou julgar as criticas que sejam demasiadas. Acho que fiz um ano com o Grêmio, naquele momento, onde vinhamos em uma sequência com a defesa menos vazada”, disse, antes de acrescentar:

“Eu vou estar sempre torcendo para que o Grêmio possa tetra, penta, hexacampeão na Libertadores”.

Veja mais

Comentários