Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Confuso na coletiva: Vice do Grêmio quer “fato novo” e diz que torcedor comum não vê o trabalho

Marcos Herrmann falou em coletiva após o jogo em Caxias do Sul

Divulgação / Grêmio FBPA

Em uma confusa coletiva de imprensa, o vice-presidente de futebol Marcos Herrmann, logo depois de Juventude 2×0 Grêmio, até bancou a continuidade do técnico Tiago Nunes, mas pregou a necessidade do surgimento de um “fato novo” dentro de poucos dias.

Ao ser perguntado sobre qual poderia ser esse fato novo, Herrmann não respondeu dizendo que se revelasse ele “deixaria de ser novo”.

“Sexto jogo sem vitória é inaceitável. Agora, nós estamos no dia a dia no CT, a gente vê o trabalho, é muito bom, de muita intensidade, mas não está dando resultado no campo. É o fato inconteste. Como torcedor, vemos o jogo também. Obviamente cobramos muito no vestiário, pedimos alguma providência mais efetiva. O que foi compreendido pela comissão, também estão ansiosos por resultados. Vamos precisar de algum fato novo, mas não é a troca da comissão técnica. Não nesses próximos dias”, disse, antes de acrescentar:

“Se eu te disser qual é o fato novo, ele deixa de ser novo”.

O dirigente garantiu compreender as reclamações dos torcedores que pedem a saída do treinador, mas voltou a defender o trabalho realizado:

“A gente compreende isso, mas o torcedor comum não está acompanhando todo o trabalho realizado no dia a dia. A comissão técnica também quer melhores resultados”, aumentou.

Com Tiago Nunes mantido até segunda ordem, o Grêmio recebe o Atlético-GO no domingo, às 20h30, na Arena.

Veja mais em Sem categoria.

Comentários