Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Conmebol evita ampliar prejuízo aos clubes e deve demorar ainda mais pra divulgar punições do GreNal

Grêmio e Inter ainda não conhecem as punições dos seus jogadores

Jean Pyerre discute com Bruno Fuchs, do Inter — Divulgação

Dois meses já se passaram desde o polêmico Gre-Nal 424, inédito pela história da Libertadores, que terminou em 0x0 na Arena e com uma verdadeira pancadaria que resultou em oito atletas expulsos no final do segundo tempo – sendo quatro de cada lado.

Já em meio à pandemia do coronavírus, a audiência para a defesa dos jogadores ocorreu no final de março e até hoje a Conmebol não divulgou as punições de Pepê, Paulo Miranda, Luciano e Caio Henrique pelo lado do Grêmio, além de Moisés, Edenilson, Cuesta e Praxedes entre os colorados.

Segundo o jornalista Eduardo Gabardo, do portal GaúchaZH, há um motivo “nobre” por trás desta demora. Ele informa que a Conmebol não quer, neste momento, causar ainda mais prejuízo aos clubes, uma vez que a maioria das punições envolve multa em dinheiro.

O objetivo da entidade neste momento de paralisação geral pelo coronavírus é justamente o contrário, tanto é que, recentemente, foi adiantada aos clubes da fase de grupos 60% da verba pela participação.

A Libertadores, antes da parada geral, se encontrava ainda em sua terceira rodada da fase de grupos – Inter e Grêmio dividem a liderança do Grupo E.

Veja mais

Comentários