Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Cortez não vê Flamengo tão superior e lamenta falta de reconhecimento ao Grêmio: “Futebol brasileiro tem memória curta”

Cortez participando do Seleção Sportv com seu filho

Reprodução

No dia seguinte à boa vitória de 2 a 0 sobre o Inter no GreNal 422, válido pelo Brasileirão, na Arena, o lateral-esquerdo Bruno Cortez concedeu entrevista ao “Seleção SporTV“, do SporTV, e lamentou uma certa falta de reconhecimento ao que o Grêmio vem fazendo nos últimos anos.

Ele admitiu que o Flamengo foi superior nos jogos da semifinal da Libertadores, mas não vê uma grande distância entre as duas equipes:

Não vejo o Flamengo tão superior, apesar do excelente trabalho. O que mais me incomoda é que a memória do futebol brasileiro é curta, só lembram do Grêmio na derrota, mas temos que entender que o grupo do Grêmio é vitorioso”, disse.

“Esse grupo do Grêmio com o Renato chegou três vezes seguidas em semifinais de Libertadores. Só que muitas vezes só se pega o momento de derrota. Mas esse grupo é conhecido por conquistar títulos e por estar sempre chegando”, acrescentou.

Cortez é titular absoluto da lateral-esquerda do Grêmio desde que chegou ao clube, no início de 2017.

Veja mais

Comentários