Ir para o conteúdo principal

Denis Abrahão acusa presidente da CBF de estar “torcendo” pelo Bahia

Grêmio ergue o tom de voz em críticas à CBF antes de pegar o Bahia

Reprodução

Ednaldo Rodrigues, atual presidente da CBF, se tornou alvo do vice-presidente de futebol do Grêmio, Denis Abrahão, durante entrevista dada na tarde desta quarta-feira à Rádio Bandeirantes. Segundo o dirigente gremista, o mandatário da entidade nacional está “torcendo” pelo Bahia no Brasileirão com finalidades eleitoreiras.

“Se fosse pela definição do antigo presidente, o presidente da CBF hoje seria outro. Seria o Sr. Francisco Novelletto Neto e não o Sr. Ednaldo Baiano, que está torcendo pro Bahia. O Ednaldo está em campanha pra ser presidente e quer o apoio do Norte e do Nordeste, que tem uma grande quantidade de clubes”, disparou Denis.

Assim, fica claro que o Grêmio irá partir em clima de “operação de guerra” para a partida de sexta-feira, 19h, contra o próprio Bahia, que também está na zona do rebaixamento sendo o 17° colocado com 37 pontos, um a mais que o tricolor.

“Eu pedi o apoio do presidente da FGF, Luciano Hocsman, e do vice-presidente da CBF, Francisco Novelletto. Estão se esforçando, mas também têm uma série de dificuldades junto à CBF, em função de um presidente baiano que eu não sei como ele está lá. O Bahia parou no sábado ou no domingo e só vai jogar sexta contra o Grêmio. O Grêmio teve que jogar terça-feira! Calendário do Grêmio é totalmente contrário as regras”, acrescentou Abrahão.

Rodrigues comandou a Federação Baiana por 18 anos até deixar o cargo em 2019 e era um dos oito vices de Rogério Caboclo, que foi suspenso do cargo.

Veja mais em Brasileirão.

Você pode gostar

Comentários