Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Direção do Grêmio tem estratégia para aumentar poder de investimento em 2020

Diego Tardelli comemorando gol pelo Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após definir os valores que serão disponibilizados para investimentos na próxima temporada, os dirigentes gremistas estabeleceram algumas metas para qualificar o grupo em 2020. A principal delas envolverá ações de mercado em janeiro, uma vez que vender virou uma alternativa para o clube.

O objetivo é vender pelo menos um atleta por um valor elevado. Com a verba proveniente desta negociação, a gestão poderá equalizar as contas e potencializar as ações do clube no mercado de transferências. Sendo assim, Everton, Pepê e Walter Kannemann, nomes citados por grandes equipes do futebol europeu, acabam se tornando personagens importantes no planejamento gremista e não possuem garantias de permanência.

Em contato com pessoas influente do Tricolor, a informação é que o Grêmio não forçará nenhuma negociação, pelo contrário. O presidente Romildo manterá a postura de valorização dos ativos da equipe em busca da melhor transação possível.

O alívio na folha de pagamento também é um objetivo. A possível saída de Diego Tardelli para o futebol chinês é algo que é visto com bons olhos, já que o retorno técnico do atacante foi abaixo do esperado. O mesmo vale para Luan, que atraí o interesse de Palmeiras e Corinthians.

O término do Brasileirão reservará muitas movimentações nos bastidores do CT Luiz Carvalho. Uma mudança de fotografia ocorrerá em busca da reformulação do grupo e de conquistas no ano que vem.

Veja mais

Comentários