Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Dirigente do Dallas diz que o clube não queria liberar Thiago Santos para o Grêmio

André Zanotta, ex-Grêmio, destacou as qualidades do novo reforço gremista.

Jeff Halstead / Sportswire

Novo reforço do Grêmio para a temporada, Thiago Santos chega a Porto Alegre bem recomendado pelo seu antigo chefe. O CEO do FC Dallas, André Zanotta, que foi executivo do Tricolor até 2018, disse que o jogador tem grandes chances de obter sucesso em Porto Alegre e que se surpreendeu com a reação da torcida.

O dirigente ainda revelou que não era do interesse do clube americano liberar o meio-campista de 31 anos.

“Fiquei desapontado com a forma que a torcida agiu, Thiago é um excelente jogador, e vai ajudar muito o Grêmio. Ninguém fica 5 anos em um clube como o Palmeiras se não é um bom jogador”, disse antes de completar: “A gente não tinha intenção nenhuma de negociar o Thiago, mas ele conversou comigo e com o treinador e disse que ia ser melhor para ele”, disse o dirigente em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Zanotta deixou claro que não foi a primeira vez que o Grêmio procurou o volante. Segundo ele, em 2019, o FC Dallas disputou a contratação do mesmo com a equipe gaúcha e só liberou o volante agora por conta do desejo do atleta em voltar a ficar próximo da família.

Thiago Santos está resolvendo questões ligadas a sua mudança nos EUA. O meia é aguardado em Porto Alegre na próxima quarta-feira. No comparativo, Zanotta enxerga o volante com características que lembram um antigo ídolo do clube.

“É bem isso, o Dinho que fez tanto sucesso no Grêmio, o Thiago é bem isso, esse cão de guarda, ele leva o apelido de cachorrão”, concluiu.

Veja mais em Mercado da Bola.

Comentários