Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Entenda o que impede a estreia de Elkeson, que já treina, mas ainda não pode jogar

Centroavante já tem condições físicas para jogar, mas depende de documentação para fazer estreia.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

No que depender do técnico Roger Machado, Elkeson poderá estar pelo menos no banco de reservas do Grêmio na partida contra o Operário-PR, na próxima quarta-feira. A situação do jogador, no entanto, é um pouco complicada.

Naturalizado chinês, Elkeson depende de uma documentação pessoal para atuar em solo brasileiro, e é justamente isso que está impossibilitando a total regularização do jogador, que já apareceu no BID da CBF.

Em entrevista após a vitória sobre o Guarani, o técnico Roger Machado revelou que tem pressionado para que a documentação do camisa 9 esteja em ordem até o dia do próximo jogo. Quanto às questões físicas, o centroavante está em franca evolução.

+ Edilson tem lesão detectada na coxa e vira desfalque para o Grêmio na Série B

“Está evoluindo bem, acima da expectativa. Fizemos dois treinos em campo aberto, mas a última partida foi há alguns meses, em uma cultura diferente por muito tempo. Temos que ter cuidado. Estou pressionando os caras, principalmente a demanda jurídica. Se tiver a mínima possibilidade, estando liberados os documentos, vou querer no banco (contra o Operário), com certeza”, disse o treinador.

Elkeson, de 32 anos, tem vínculo com o Grêmio até novembro deste ano e chegou para disputar posição com Diego Souza, Ricardinho e Elias. No Tricolor, o centroavante vestirá a camisa de número 9.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários