Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Entenda por quê a venda de Everton para o Flamengo é um mau negócio para o Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Restam detalhes para que o Flamengo anuncie de maneira oficial a contratação do ex-gremista Everton Cebolinha. A ida do atacante para a equipe carioca, por 14 milhões de euros, cerca de R$ 74 milhões, no entanto, é um mau negócio para o Grêmio do ponto de vista financeiro.

+ Veja as últimas notícias do Mercado da Bola

O tricolor terá direito a receber parte dos valores envolvidos na transação devido ao mecanismo de solidariedade da Fifa. O clube, por outro lado, deixará de lucrar com a cláusula de mais-valia, estipulada com o Benfica na venda de Everton em 2020.

A condição de mais-valia previa que o tricolor recebesse 20% do lucro de uma venda futura. Como Everton será negociado por um valor inferior ao que foi vendido para o clube português, cerca de 20 milhões de euros, não houve ganho e portanto não há como acionar o gatilho.

Flamengo e Benfica negociam os últimos detalhes para selar a transferência. A equipe carioca deve assinar contrato até 2025 com o atacante e adquirir 100% dos seus direitos econômicos por 16 milhões de euros, cerca de R$ 85 milhões conforme a cotação atual.

Você pode gostar

Comentários