Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Erazo gostaria de ter ficado no Grêmio e lamenta erro crucial no clássico: “Há jogos em que você é vilão”

Zagueiro equatoriano foi para o Atlético-MG na temporada de 2016

Zagueiro Erazo sendo apresentado no Grêmio em 2015 — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Se dependesse apenas da vontade de Frickson Erazo, o seu 2016 também seria no Grêmio. E o zagueiro equatoriano alega que já estava perto de renovar até o fatídico Gre-Nal no Beira-Rio pelo segundo turno do Brasileirão de 2015, vencido pelo Inter por 1×0.

Na jogada do gol, Erazo pecou pelo excesso de confiança e tentou se adiantar ao volante rival Rodrigo Dourado conduzindo a bola de letra. Além de perder, viu o oponente dar a assistência para o gol de Vitinho.

“Há jogos em que você é herói e jogos em que é vilão. Estava pronto para renovar, tudo certo. Chegou uma oferta do Atlético-MG e eu buscava estabilidade, contrato longo. Fiquei chateado por não ficar no clube”, admitiu Erazo à Rádio Bandeirantes.

Naquele Brasileirão, o jogador foi o principal parceiro de Geromel na zaga, tendo disputado 22 partidas na campanha que fez o Grêmio terminar em 3°. Em 2016, ele foi para o Atlético-MG. Hoje, com 32 anos, defende o 9 de Octubre do Equador e ainda cursa Direito.

Veja mais

Comentários