Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

“Estávamos em uma ascendente”, diz Marcos Herrmann após derrota do Grêmio para o Sport

Vice-presidente de futebol gremista segue confiando em reação

Reprodução

Apesar da frustrante derrota de 2×1 para o Sport Recife neste domingo, no jogo que marcou a volta da torcida à Arena, o vice-presidente de futebol Marcos Herrmann evitou promover a chamada “terra arrasada” no Grêmio. Ele lembrou que o time vinha crescendo nas rodadas anteriores e que a saída do Z4 do Brasileirão segue ao alcance.

“Eu não vou esquecer que, bem recentemente, estávamos em uma ascendente, porque estávamos muito longe de sair e agora estamos a uma vitória, depois de sair. Há uma questão emocional, que nós temos que tomar muito cuidado”, declarou.

O detalhe é que, da mesma maneira que foi na derrota para o Athletico, o Grêmio poderia sair da zona da degola em caso de vitória neste domingo. Herrmann desconfia que algum fator emocional possa estar pesando:

“Se em duas partidas pra sair, nas duas nós fracassamos, pode ser que tenha alguma coisa emocional pesando. Vamos ter que ver isso com muito cuidado”.

“Eu diria que no jogo de Curitiba foi até pior, porque, aqui, nós tivemos um domínio acachapante. Nós fomos muito mal, porque, a rigor, nós temos muito mais time que o Sport”, ampliou o dirigente.

Sem tempo para lamentar, o Grêmio, que é o 18° colocado com 22 pontos, volta a jogar nesta quarta-feira, 21h30, em casa, frente ao Cuiabá.

Veja mais em Diretoria do Grêmio.

Comentários