Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Ex-dirigente do Grêmio nega mágoa por saída e faz elogios a Bolzan: “Um grande líder”

Executivo de futebol Klauss Câmara foi recentemente demitido do Grêmio

Klauss Câmara, dirigente do Grêmio — Divulgação

Demitido logo depois da derrota de 2×0 para a Universidad Católica no Chile, pela Libertadores, até como forma de dar uma resposta à torcida, o ex-executivo de futebol do Grêmio, Klauss Câmara, concedeu entrevista à Rádio Gre-Nal nesta segunda-feira e negou qualquer tipo de mágoa com o clube.

Principalmente ao presidente Romildo Bolzan Jr, os elogios deram o tom de sua fala:

“O presidente Romildo é um grande líder, com uma capacidade incrível de gestão. A minha chegada ao Grêmio por si só já é considerada uma grande conquista”, comentou.

Ele recordou o trabalho intenso e se defendeu das críticas de ter contratado vários ex-jogadores cruzeirenses:

“Foi um trabalho muito intenso, principalmente de integração full-time todos os dias, eu, o presidente e o Renato”, disse, para depois terminar:

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

“Essa questão dos atletas do Cruzeiro não é correto dizer que vieram só porque trabalharam comigo”.

Sem a figura de um executivo de futebol desde a saída de Câmara, as funções competentes a este cargo estão divididas entre o gerente-administrativo Marcelo Rudolph e o vice de futebol Paulo Luz.

Veja mais em Diretoria do Grêmio.

Veja mais

Comentários